• 24 SET 19
    • 0
    Parece autismo, mas não é. Alguns distúrbios como a hiperlexia ou a Síndrome de Rett podem parecer com o Autismo, mas existem diferenças.

    Parece autismo, mas não é. Alguns distúrbios como a hiperlexia ou a Síndrome de Rett podem parecer com o Autismo, mas existem diferenças.

    Hiperlexia: crianças tendem a perder as características autistas conforme desenvolvem as habilidades de linguagem. Além disso, as alterações na capacidade linguística não se encontram relacionadas com as interações sociais, e não há padrões de comprometimento motores repetitivos e estereotipados característicos do autismo.

    Hiperatividade: não há dificuldade de socialização, apenas de concentração e, consequentemente, de aprendizado. Os principais sintomas em crianças são inquietação, movimentação contínua dos pés e mãos, dificuldade para permanecer sentada e fala excessiva.

    Síndrome do X frágil: pode ser identificada por exame genético e também pelas características físicas como face mais alongada, testa larga, orelhas grandes e em abano, articulações flexíveis, pés planos, entre outras.

    Depressão: não há estereotipias motoras que são características do transtorno autista.

    Síndrome de Rett: se difere do autismo pelo marcado déficit no desenvolvimento, com desaceleração do crescimento craniano, perda de habilidades manuais voluntárias adquiridas anteriormente e o aparecimento de caminhada pouco coordenada ou movimentos do tronco. Há retardo intelectual marcado e, muitas vezes, quadros convulsivos.

    Dislexia: não há presença dos padrões de comportamentos repetitivos e estereotipados características do autismo.

    Deixe uma resposta →

Deixe uma resposta

Cancelar resposta